Gripe A (H1N1) infecta em Canas de Senhorim

Posted: 17/01/2011 in Canas de Senhorim, Informação, Lapa do Lobo
Tags: , , ,

Deixo aqui um alerta para o vírus da GRIPE A, há um habitante de Canas e outro da Lapa do Lobo com Gripe A. O de Canas já foi confirmado pelos médicos, encontra-se em coma induzido à cerca de 10 dias em estado grave e o da Lapa do Lobo ainda não é 100% garantido. Para aqueles que andam mais distraídos, dê mais importância aos sintomas, lembre-se que além da sua saúde, põe em risco todos aqueles que convivem consigo.

Gripe A (H1N1)
O novo vírus da Gripe A-H1N1, que apareceu recentemente, é um novo subtipo de vírus que afecta os seres humanos. Este novo subtipo contém genes das variantes humana, aviária e suína do vírus da Gripe e apresenta uma combinação nunca antes observada em todo o Mundo. Em contraste com o vírus típico da gripe suína, este novo vírus da Gripe A-H1N1 é transmissível entre os seres humanos.
O modo de transmissão do novo vírus da Gripe A-H1N1 é idêntico ao da Gripe Sazonal. O vírus transmite-se de pessoa para pessoa através de gotículas libertadas quando uma pessoa fala, tosse ou espirra. Os contactos mais próximos (a menos de 1 metro) com uma pessoa infectada podem representar, por isso, uma situação de risco. O contágio pode também verificar-se indirectamente quando há contacto com gotículas ou outras secreções do nariz e da garganta de uma pessoa infectada – por exemplo, através do contacto com maçanetas das portas, superfícies de utilização pública, etc. Os estudos demonstram que o vírus da gripe pode sobreviver durante várias horas nas superfícies e, por isso, é importante mantê-las limpas, utilizando os produtos domésticos habituais de limpeza e desinfecção.

Algumas indicações de como actuar:

Algumas noticias dos ultimos dias:
Gripe faz 4 mortos e obriga a 50 internamentos desde o início de Outubro em Portugal
Desde o início do Outono quatro pessoas morreram e cerca de 50 foram internadas por causa da gripe. Os casos mais graves foram vítimas do vírus H1N1. O surto é considerado moderado mas as autoridades reforçam o apelo à vacinação.
Noticia sic

28 casos de Gripe A entre profissionais do Hospital Sousa Martins
O número de profissionais e de doentes do Hospital Sousa Martins, na Guarda, infectados com Gripe A aumentou para 28, informou fonte do conselho de administração de administração da Unidade Local de Saúde (ULS).

Noticia Correio da Manhã

São já 36, quase todos enfermeiros, os profissionais do Hospital da Guarda infectados com gripe desde a última sexta-feira.

O número de casos de gripe aumentou também entre os utentes do Hospital Sousa Martins e chega agora aos 41.
Noticia RR

Comunicado de 07/01/2011Ainda está a tempo de se vacinar contra a gripe!
Situação actual da gripe em Portugal:
1. A actividade gripal continua moderada, conforme esperado para esta época do ano;
2. À semelhança do que sucede em outros países europeus, circulam, sobretudo, vírus de tipo B e vírus A(H1N1), este igual à estirpe pandémica de 2009. O vírus
do tipo B continua a ser predominante embora os casos internados sejam
sobretudo causados pelo vírus A(H1N1) pandémico;
3. Desde o início da época gripal 2010‐2011 foram notificados, cumulativamente,
trinta e oito internamentos hospitalares por gripe, dos quais trinta e três por
vírus A(H1N1), quatro por vírus B e um por A(H3N2);
4. Foram admitidos em cuidados intensivos dezassete doentes, dos quais treze
ainda se encontram internados;
5. Foram registados quatro óbitos (três por vírus A e um por vírus de tipo B);
6. Cinco doentes tiveram alta.
Como se sabe, a gripe é uma doença contagiosa que, na maior parte das vezes, cura
espontaneamente. No entanto, podem aparecer complicações, particularmente em
grávidas e em pessoas com determinadas doenças crónicas.
Foram identificados, num Hospital da Região Centro, vinte e sete casos não graves de
síndrome gripal em profissionais de saúde, maioritariamente enfermeiros, não
vacinados com a vacina sazonal. Todos os doentes foram afastados do local de
trabalho; nove têm confirmação laboratorial para gripe A(H1N1)2009 e onze aguardam
resultados analíticos.
A vacina sazonal (trivalente) desta época é eficaz contra os vírus da gripe que circulam
actualmente. A vacina monovalente com o vírus A(H1N1)2009 também induz
protecção contra esta estirpe.
2
Aproveita‐se a oportunidade para realçar a importância da vacinação antigripal dos
profissionais de saúde e dos grupos vulneráveis e de risco, de acordo com as
Orientações recomendadas pela DGS.
A vacinação é o melhor método de prevenção, tal como as regras de etiqueta
respiratória: tossir ou espirrar para um lenço descartável ou para o antebraço e lavar
as mãos, são medidas aconselháveis e importantes.
Lisboa, 7 de Janeiro de 2011
Francisco George
Director‐Geral da Saúde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s