Lia Alvadia no seu atelier

Maria Adélia Alvadia (Lia para familiares e amigos), natural de Canas de Senhorim, nascida a 14 de Agosto de 1956, cedo descobriu o jeito pelo artesanato.
Lia recorda os tempos de Criança, junto de sua avó, que era modista. Enquanto a sua avó costurava para adultos e crianças, Lia com restos de tecido que sobravam, lá ia fazendo as roupas para as suas bonecas de trapos.

Lenço dos namorados

Sempre fez trabalhos manuais por carolice, mais tarde aprendeu a bordar e começou a bordar enxovais de muitas raparigas solteiras que estavam para se casar – era a moda dos bordados.
Trabalhou nos escritórios da Empresa Nacional de Urânio até 1990, altura em que a ENU lhe rescindiu o vinculo laboral. Como não podia ficar em casa de braços cruzados, arriscou e nesse mesmo ano abriu o seu Atelier de Artesanato Cacos e Farrapos. A sua loja de artesanato e atelier, ficam na rua Direita, no coração do Rossio em Canas de Senhorim, um espaço acolhedor onde vende os seus trabalhos.

Loja de artesanato Cacos e Farrapos

Lia, está há 20 anos a viver do seu artesanato. Digo seu artesanato pois é com um certo brilho nos olhos que a vejo a falar das suas criações, todas originais.
Entre as suas peças únicas, há a salientar os tradicionais presépios em palha de milho, ou em linho, conhecidos como Presépios de Canas de Senhorim. São tão conhecidos que a Primeira-dama de Portugal, Maria Cavaco Silva tem um exemplar em Belém.

Presépio em folha de cana de milho

Também as bonecas de trapos “avozinhas”, de sua autoria são uma peça muito procurada.
Os materiais utilizados nas suas peças são, à excepção da cola, materiais reciclados e naturais. Citando (Lavoisier) “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.” Não podia estar mais de acordo com esta citação: no seu atelier há um pouco de tudo, utiliza materiais diversos, flores, botões velhos, ráfias, sisal, serapilheira, algodão cru, espigas, folhas de milho,…

Presépio em serapilheira

As suas criações também são diversas. Para além dos presépios e das avozinhas, aqui pode encontrar um mundo de fantasia: bonecas de trapos, anjos, santos, quadros de arte floral, quadros de aguarela, lenços bordados, panos bordados, jóias, almofadas aromáticas.

Presépio bordado

Tecelagem

Falando nas almofadas aromáticas, as ervinhas aromáticas que vem no interior são plantadas, apanhadas e tratadas por Lia, aromas diversos e algumas com fins terapêuticos, como é o caso da almofada para quem tem problemas de insónias, coloca-se essa pequena almofada por baixo da almofada com que habitualmente dormi-mos e vai libertando um aroma suave que nos relaxa e ajuda a adormecer.

Almofadas aromáticas

Como grande artista que é, Lia busca conhecimentos e “ não se encosta à sombra” -mostra-me uns quadros muito bonitos de Arte Encáustica, (pintura com cera derretida), foram encontradas pinturas destas em túmulos Egipcios.

Arte Encáustica

Cacos e Farrapos já percorreram quase todo o País, actualmente com 4 exposições em pontos distintos: no Grande Hotel na Felgueira, no Instituto português da Juventude em Viseu, e em Vila do Conde no Teatro Municipal na maior exposição de Presépios de Portugal, onde é convidada todos os anos. Também em Coimbra, na Casa da Cultura tem uma exposição patente até ao dia 6 de Janeiro. Os seus trabalhos são internacionais, já expôs em Itália e França.

Avozinha

Quanto a prémios, já viu os seus trabalhos premiados, apesar de não dar grande destaque aos prémios, dada a sua humildade e de ser uma pessoa reservada, destacou:
Menção honrosa na Covilhã (com uma boneca pastora)
Menção honrosa em Viana do Castelo (com um presépio)
Prémio no Seixal (melhor stand)

Arte floral

Falando na nossa terra, Lia participa na Feira Medieval de Canas desde a primeira edição, no início apenas fazia trabalhos ao vivo na feira, a parte comercial tinha sido entregue ao Grupo de Teatro PAMIR, Lia dava 10% das vendas para o Teatro, uma forma de ajudar o Grupo.
A peça que maior prazer lhe deu, foi um presépio feito em tecelagem que foi para Macau, diz isto com ar triste e arrependimento, se soubesse não o tinha vendido.

Presépio em serapilheira

Como nota final, aconselho quem ainda não fez compras de Natal, ofereça artesanato, de preferência, da nossa terra, Genuíno e de uma beleza encantadora. Já agora, se ainda não fez o seu presépio, ainda vai a tempo, faça um presépio singular, original e artístico, contacto:
liaalvadia@netvisão.pt visite ainda o site: http://www.cacosefarrapos.com
Agradeço a forma amável como fui recebido e a lembrança simpática da Lia.
Aproveito para enviar um Santo e Feliz Natal a todos os leitores do Jornal Canas de Senhorim.
Pedro Ferreira

Retirado do Jornal Canas de Senhorim de 23, de Dezembro de 2010 Nº145

Comentários
  1. […] mais: CACOS E FARRAPOS: ARTESANATO COM ALMA DENTRO. Esta entrada foi publicada em Artesanato e marcada com a tag alma, Artesanato, cacos, dentro., […]

  2. natalia diz:

    “A arte é a contemplação: é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que ela também tem uma alma. É a missão mais sublime do homem, pois é o exercício do pensamento que busca compreender o universo, e fazer com que os outros o compreendam.”
    ( Auguste Rodin )

  3. Agnalda Guimarães de OliveiraMaravilhoso este artesanato.Parabéns diz:

    Maravihoso este artesanato,parabéns,addddddddddddddddorei!Abraços,Agnalda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s