Associação Recreativa e Cultural do Paço (ESCLARECIMENTO)

Posted: 24/02/2011 in Canas de Senhorim, Eventos Canas de Senhorim, Informação
Tags: , ,

ESCLARECIMENTO

Face a alguns boatos – completamente infundados – que têm circulado na nossa terra, a propósito do Carnaval/2011, a Direção da Associação Recreativa e Cultural do Paço entende ser sua obrigação proceder ao seguinte esclarecimento:
– No dia 10 de Janeiro o Presidente da Direcção, Carlos Ferreira, foi contatado para estar presente, com outro elemento do mesmo Órgão, numa reunião que iria decorrer na Junta de Freguesia de Canas, no dia 12, com a presença do Vereador Municipal, Dr. Osvaldo Seixas, do Presidente da Junta, Dr. Luís Pinheiro, e dois Directores da União Cultural e Recreativa do Rossio.
– No final dessa reunião os representantes da nossa Associação propuseram aos representantes da U.C.R.R. a marcação de uma data para uma reunião de preparação do Carnaval deste ano. Ainda antes de se marcar a data, os Diretores daquela coletividade, Mário Pires e Josué Ramos, informaram os nossos Diretores, Carlos Ferreira e António Figueiredo, que era intenção do Rossio, este ano, “não desfilar nas Avenidas”. Os Diretores do Paço desde logo manifestaram o desagrado, porque, afinal, depois de uma dúzia de anos a cruzar naquele local constatavam que o Carnaval de Canas estava a “andar para trás”, em vez de progredir! Foi-lhes pedido que reconsiderassem a sua posição, sob pena de – a manter-se – o Paço avançar para uma posição que muitos Associados já vêm defendendo há muito tempo: mudar o Corso para as Avenidas. Como resposta foi dito que era uma decisão inalterável e que “até já estava escrita em ata”! Mesmo assim, os presentes ficaram de falar com os restantes Diretores e marcou-se nova reunião para o dia 18 de Janeiro.
– Nesta reunião rapidamente se percebeu que a U.C.R.R. mantinha a posição anteriormente anunciada e os representantes da nossa Associação, já mandatados pelos restantes elementos da Direção, informaram que, então, o Paço “nem sequer vai ao Rossio”. Perante esta posição os Diretores do Rossio disseram que iam “arranjar um percurso alternativo, porque também não vinham ao Paço!”
– A A.R.C.P. continua a defender que o Carnaval de Canas deve dar o salto para melhor e não continuar com o trajecto que tem vindo a ser percorrido nos últimos 35/40 anos – desde quando ainda não tínhamos melhor alternativa. Fez-se, todavia, notar que não era intenção do Paço cortar de forma abruta com o passado recente, mas, sim, no próximo ano, de forma mais sustentada e, provavelmente, mais apoiada pelas respectivas massas associativas e população em geral. O que significava que o Paço ainda se dispunha a ir ao Rossio, este ano e só este ano, se a U.C.R.R. mudasse de opinião. Como não se chegou a consenso ficou agendada nova reunião para o dia 27.
– Neste dia os representantes da U.C.R.R. apresentaram uma nova versão: “O Paço desce a Avenida Dionísio Cunha e vira para o Posto Médico, onde fica a aguardar que o Rossio – que sobe a Avenida – chegue à Escola do Fojo, para depois tomar a dianteira, até às 4 Esquinas”.
Obviamente esta proposta não agradou aos representantes do Paço, que se propuseram apresentá-la
aos restantes Diretores – para análise e informação posterior. Dado que os outros Diretores também
não aceitaram a proposta, o nosso Presidente informou o Presidente do Rossio da decisão coletiva. Dado o “extremismo” das posições assumidas pelas duas Direções, a Direção da A.R.C.P. decidiu pedir ao Presidente da Assembleia Geral a convocatória de uma AG Extraordinária para dar conhecimento da situação aos nossos Associados, o que aconteceu no dia 18 do corrente mês de Fevereiro, aí tendo proposto que o Corso passe já este ano para a zona das Avenidas – o que foi aprovado por unanimidade!

– Infere-se, do atrás dito, que o Paço não descartou a possibilidade de ir ao Rossio até ter a certeza de que o Rossio não iria às Avenidas. Nunca “impôs” ao Rossio que circulasse pela Rua do Paço – ao invés do que vem sendo propalado por Dirigentes da U.C.R.R. Pelo contrário, até lhes foi dito que se percebia das razões que invocavam, por reconhecermos que aquela artéria tem, neste momento, poucos moradores.

Restará acrescentar que a Direção da A.R.C.P. não é contra as tradições, mas é, e sobretudo, a favor do progresso do Carnaval de Canas. Tradição era fazer carros alegóricos com mimosas, desfilar até à Estação ou até ao Provincial, passar na Rua Adriano dos Santos… Tudo isso foi ultrapassado e hoje, há que reconhecê-lo, temos vias onde se pode fazer um Grande Carnaval. Assim haja bom senso!
De resto, nenhum dos elementos da Direção do Paço tem interesses pessoais em jogo no Carnaval. Apenas, e só, pugnam por tornar o Carnaval de Canas mais atrativo e seguro para quem nos visita, de forma que os forasteiros não tenham de andar a correr de um lado para outro para ver as marchas. Ou irem-se embora depois de ver uma delas, porque a outra tarda em chegar…
A escolha parece-nos óbvia!…
Quanto ao Despique: sendo certo que, nestas circunstâncias, a Direcção da A.R.C.P. não pode garantir as melhores condições de segurança, a nossa recomendação é no sentido da não participação.
Para além de tudo isto, a Direção da A.R.C.P. está na disposição de promover um fórum, aberto à população, onde se possam discutir estes assuntos de forma a evitar que estas cenas se repitam.

VIVA O CARNAVAL DE CANAS!!! VIVA O PAÇO!!!

Comentários
  1. Carnaval no Coração diz:

    Só uma pequena achega à frase

    …Ou irem-se embora depois de ver uma delas, porque a outra tarda em chegar…

    Muitos dos comentários que eu ouço, é que as pessoas se vão embora devido:
    – má organização
    – é sempre a mesma coisa
    – quem ve um ano ve os outros,
    – não existe informação suficiente para quem vem de fora
    …..
    ……

    Seja de quem for a culpa deviam deixar-se de tretas, ainda existe a ideia que o carnaval é para o pessoal de Canas. Acho que é uma ideia completamente errada.
    Deviam cativar quem vem de fora, e não seria muito dificil de fazer, coloquem uma animação extra de rua no intervalo das duas marchas, e em locais chave,
    “obriguem” visitantes a participar, nem que seja em mini desfiles improvisados, mas devidamente organizados.
    Peçam ajuda à população, mas peçam mesmo, não tenham medo de ir ter com as pessoas que achem que vos podem ajudar, e garanto que há muita gente que quer participar, mas de um modo ou outro sentem-se retraidas ou afastadas por um ou outro motivo.

    .. Faltam só dois dias, tudo dá ao dedo …
    a letra é velha, mas penso que ainda se enquadra no espirito carnavalesco de Canas.

  2. Claudia Moitas diz:

    Tanta historia tanta treta,anos a fio q e a mesma coisa,o Rossio nao quer ir por esta rua porque temos q evoluir o Paco nao concorda e forma-se logo uma discucao do caracas. Q tal antes do natal vir as duas associacoes se reunirem e tomarem uma decisao justa,NAO MUNETARIA,antes q s chegue a epoca do carnaval em q o pessoal ja esta em mode de despique.
    Por causa destas coisas as pessoas d foram nao voltam,nao e a ma organisacao,mas a animussidade entre as direccoes.
    O nosso carnaval tem a ver com canas nao com quem e mais bonito ou tem mais dinheiro para faser / alugar as melhores fardas. Vamos la acabar com as manias e faser umas regras para todos seguirem todos anos e assim acaba-se a parvoice.Sujiro como primeira regra a terminacao dos patrocinios,so da discucao e claro q como sempre mais uma vez os patrocinadores teem controlo sobre decisoes feitas nas direccoes q nao sao de profito para eles e eles mesmo ,nada a ver com o facto d q patrocinam por amor a sua associacao ou a Canas.

    Vergonhoso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s