Lapa do Lobo abre as festas populares com uma festa grandiosa onde não faltou a marcha de Santo António.

Posted: 09/07/2011 in Canas de Senhorim, Fotoreportagem, Fundação Lapa do Lobo, Jornal Canas de Senhorim, Lapa do Lobo
Tags: , , , , , ,

No dia 11 de Junho, a Lapa do Lobo vestiu-se a rigor para festejar o Santo António, O terreiro das Almas, tornou-se pequeno para receber tamanha festa, cerca de 1500 pessoas, assistiram à Marcha de Santo António, que teve como padrinhos os filhos do presidente da Fundação Lapa do Lobo, Mariana e Bernardo, seguidos por cerca de 40 marchantes, onde não faltaram os arcos, os balões, os lenços e laços ao pescoço.

Após a brilhante actuação da marcha, foi a vez de assistir a um fogo preso de cerca de 5 minutos, o céu da Lapa, foi “pintado” com variadíssimas cores dos foguetes.

A festa prosseguiu com a actuação da Tunadão, seguida da Real Túnel Académico de Viseu.

Quem julgava que a festa acabava por aqui, estava muito enganado. Seguiu-se uma espectacular actuação, com elementos dos conjuntos Musicais Vértice, Frequência, e Formação, grupos que à cerca de 30 anos animavam todos os bailaricos da nossa região, e que a todos deixou muitas saudades. Ninguém arredou pé! Recordo aqui, que foi novamente possível ver em palco, Luís Pinheiro, Paulo Barata, Carlos Rojão, Carlos Silva, antiga equipa que formava o Vértice de Canas de Senhorim. Os restantes músicos: Victor Borges, Carlos Amaral, Zé Ferraz, António Carvalho, Alberto Fonseca, António Rojão, pertenciam às outras bandas. Também esteve presente um músico da terra, Pedro Fonseca, embora nunca tenha pertencido a nenhuma destas formações, também deu o seu contributo.

Como festa sem comes e bebes não é festa, foram assados 2 porcos no espeto que foram distribuídos em sandes, bem como pipos de vinho que foram colocados à disposição de quem quisesse “regar” deliciosa iguaria.

Já a noite ia longa, ainda actuou a Banda Cotas à solta, músicos do antigo grupo musical Turbo.
A Fundação Lapa do Lobo, promotora de todo este arraial, em colaboração com a Associação Desportiva e Cultural Lapense e a Junta de Freguesia da Lapa do Logo estão de parabéns pela magnífica iniciativa.

Ainda uma ultima nota:
Gostei de ver o meu amigo Albertino, mais conhecido por “Tino da Lapa” ainda em forma, ele que era presença nos bailaricos das redondezas.

Comentários
  1. Ah, os Vértice… Alguém sabe em que ano surgiram?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s